Acompanhe notícias da CECOP e do setor ótico

Covid-19: Como usar máscara da forma certa

As máscaras, sejam elas descartáveis ou de tecido, têm se mostrado uma barreira eficiente para proteger da contaminação as pessoas que precisam sair de casa, seja para trabalhar ou ir ao mercado.

No entanto, elas só agem de maneira eficiente se usadas da forma correta. Caso contrário, podem até se tornar um foco de contaminação.

No post de hoje, vamos mostrar os principais erros cometidos na hora de usar a máscara, e os principais cuidados que devem ser tomados

Não deixe o nariz ou a boca expostos

A ideia da utilização das máscaras é proteger as principais portas de entrada para o vírus. Assim, quem estiver doente não transmitirá partículas contaminadas a outras pessoas ao tossir, espirrar e falar; e quem estiver saudável estará com as mucosas da boca e do nariz protegidas.

Para que a peça funcione da maneira correta, ela deve cobrir o nariz e ir até o queixo, sem deixar vãos que possam permitir a passagem de gotículas.

Não use máscaras largas para o seu rosto

A máscara deve sempre estar ajustada ao seu rosto. Caso você compre ou confeccione uma que fique muito folgada, nas laterais, dê um nó nos elásticos.

Mas é importante ressaltar que esse ajuste deve ser feito ainda em casa, com as mãos limpas. Mexer na máscara enquanto está na rua apenas aumenta sua exposição ao vírus.

Não deixe a máscara no queixo

Ao tirar a máscara por pouco tempo, muitas pessoas costumam levá-la ao queixo. Mas essa prática deve ser abolida o quanto antes, pois ao puxar a peça, você encosta no tecido, que pode estar contaminado.

Além disso, há o risco de a máscara se inverter na hora de colocá-la de volta ao rosto. Nessa situação, a parte externa entra em contato direto com o nariz e a boca, levando ao contágio.

Não encoste na máscara, apenas nos elásticos

Como mostramos no item anterior, a parte da máscara que está em contato com o ambiente pode estar contaminada, por isso devemos evitar tocar no tecido, seja para ajustar o tecido ou tirar/colocar a máscara. Manuseie a peça sempre pelos elásticos.

Não apoie a máscara em mesas

Quando for necessário retirar a máscara — para fazer uma refeição, por exemplo —, nunca coloque-a diretamente sobre a mesa. Tanto uma quanto a outra podem estar contaminadas. Dessa forma, há o risco de contágio tanto próprio quanto das pessoas que possam vir a usar a mesa mais tarde. O ideal nesses momentos é guardar a peça em um saquinho limpo.

Troque a máscara a cada 2 horas

As máscaras devem ser trocadas de duas em duas horas, ou quando você sentir que ela está úmida. Lave sempre bem as mãos antes e depois colocar ou tirar a peça.

Caso sua máscara seja descartável, coloque-a dentro de um saco plástico ou de papel, antes de jogá-la no lixo. Isso evita que alguém encoste na peça contaminada na hora de manusear os resíduos.

Como higienizar sua máscara

Máscaras de pano devem ser higienizadas com água e sabão. É possível também deixá-las de molho por 20 minutos, em uma solução com 10 mL de água sanitária e 500 mL de água. Você pode utilizar um ferro quente para reforçar a limpeza. Lembre-se também de lavá-la individualmente, nunca misturando com outras peças de roupa.

Fonte: Bem Estar

Gostou das dicas? Então continue acompanhando a CECOP. Estamos trabalhando todos os dias para entregar conteúdo de qualidade e manter a nossa comunidade sempre informada sobre os últimos acontecimentos.

Temos também um programa de mentoria, em que você poderá conversar com o nosso Country Manager, Rafael Rodrigues, para traçar um plano de ação e preparar sua ótica para o momento que estamos vivendo. Se você é um de nossos associados, agende sua mentoria gratuitamente clicando aqui.

Conte conosco!

 

Acompanhe as redes sociais da CECOP para manter-se atualizado sobre as principais notícias do mercado ótico e do mundo.

 

Comentários

Posts Relacionados

Inscreva-se para receber nossos conteúdos