Acompanhe notícias da CECOP e do setor ótico

Controle financeiro empresarial para a sua ótica

Como você sabe, o controle financeiro é a base para o desenvolvimento saudável e lucrativo de um negócio. Aplicando uma gestão estratégica a partir de um monitoramento e planejamento consolidado, você terá acesso a análises de desempenho, poderá prever possíveis falhas, reconhecer oportunidades e aprimorar os processos da sua ótica visando resultados palpáveis e precisos.

Para isso, você precisará adotar algumas práticas que facilitarão o gerenciamento da sua empresa e fortificarão o seu modelo de negócios. Continue a leitura e entenda quais são elas!

 

Administre todas as suas despesas

Pode parecer um pouco óbvio, mas muitos empreendedores têm dificuldade de administrar suas contas, recebimentos e responsabilidades de maneira efetiva e inteligente.

Atentar-se a esses processos integralmente, diminui a taxa de inadimplência de clientes, minimiza atrasos, evita o pagamento de juros e auxilia na contabilidade financeira, direcionada ao Fisco, e na contabilidade gerencial, feita por você e para o seu próprio controle.

 

Monitore o seu fluxo de caixa

A gestão de caixa também deve estar sempre atualizada. Tudo o que entra e saí da sua ótica deve ser registrado, e para isso você pode contar com a ajuda de recursos tecnológicos que simplificarão o trabalho.

Tenha em mãos além de todos os produtos recebidos e vendidos, as principais formas de pagamento dos seus consumidores, os algoritmos de vendas, a performance de cada colaborador e outras informações que contribuirão para o mapeamento de resultados financeiros e seus indicadores.

 

Otimize o seu estoque

Coordenar o estoque colabora significativamente para o capital de giro da sua ótica. Isso deve ser feito diariamente e ajudará na mensuração do Custo de Mercadorias Vendidas (CMV). Hoje, temos diversos métodos disponíveis no mercado para esse processo, como:

  • UEPS (último que entra, primeiro que sai): o CMV é analisado com base no valor da última compra que chegou ao estoque.
  • PEPS (primeiro que entra, primeiro que sai): os custos são quantificados segundo o valor do primeiro produto que entrou e permanece lá, ou seja, o mais antigo do estoque.
  • MPM (Média Ponderada Móvel): esse recurso considera os diversos valores de uma mesma mercadoria em uma média ponderada do custo de aquisição.

 

Desenvolva um planejamento financeiro completo com todas as soluções que a CECOP te disponibiliza

A CECOP  conta com inúmeras parcerias direcionadas para auxiliar na gestão monetária da sua ótica, como a Bin, especialista em maquininhas que possibilitam transações rápidas e seguras, com taxas competitivas aos nossos associados.

A MultiCrédito nos ajuda a facilitar o acesso a crédito ao cliente informal. Por meio da inteligência de crédito, mesmo que o consumidor esteja na informalidade, apenas com o RG, um cadastro simples e sem comprovação de renda, ele consegue obter crédito para comprar nas óticas filiadas.

E as vantagens não acabam por aí, pois também oferecemos o Carnê CECOP, um crediário por meio de carnê, também da MultiCrédito, que simplificará o parcelamento das compras e agilizará o pagamento.

Visando oferecer uma maior diversidade de opções aos empreendedores óticos, também temos a Granito como aliada. Com a maquininha personalizada CECOP Pay, além de transações financeiras simplificadas, os lojistas têm vantagens e taxas menores para vendas.

Entre em contato com a gente e saiba mais sobre todos os benefícios que garantimos a você!

No e-book abaixo, explicamos detalhadamente sobre todas essas opções que disponibilizamos a nossa comunidade colaborativa e compartilhamos estratégias assertivas para a gestão financeira da sua ótica. Clique abaixo e baixe grátis o material:

Não deixe de visitar as nossas redes sociais para manter-se atualizado com conteúdos exclusivos, novidades do mercado ótico e notícias do Brasil e do mundo.

 

Comentários

Posts Relacionados

Inscreva-se para receber nossos conteúdos