Acompanhe notícias da CECOP e do setor ótico

Brasil é o primeiro país a receber ferramenta de pagamento por WhatsApp

O WhatsApp anunciou, nesta segunda-feira (15), que lançará uma atualização que permitirá o pagamento e recebimento de dinheiro pelo aplicativo. O Brasil é o primeiro país a receber a nova ferramenta. No momento, ela está disponível apenas para alguns dispositivos, mas será ampliada ao longo das próximas semanas.

As transações poderão ser feitas tanto entre usuários quanto para empresas com contas no WhatsApp Business. A princípio, serão aceitos cartões dos bancos Nubank, Sicredi e Banco do Brasil, das bandeiras Visa e Mastercard. A Cielo fará a intermediação das operações, que são permitidas apenas em reais e dentro do país.

Como vão funcionar as transações entre usuários?

Para habilitar a função, é preciso se cadastrar no Facebook Pay — a rede social é dona do WhatsApp e Instagram, e a intenção, no futuro, é que o recurso de pagamentos possa ser usada nos três aplicativos. Nas operações entre usuários, serão aceitos apenas cartões de débito, ou cartões múltiplos na função débito.

No menu de ações, acionado pelo botão “+” em iOS ou pelo clipe em Android, aparecerá a opção “Pagamento”. Quando o usuário clicar nela, o aplicativo vai pedir um valor e direcioná-lo para criação de uma conta. Para se cadastrar, é preciso aceitar os termos de uso e criar uma senha numérica de seis dígitos, que não é a mesma usada para movimentar a conta bancária. É possível utilizar senha por biometria nos dispositivos que têm essa tecnologia.

É preciso incluir nome, CPF e vincular um cartão pertencente a um dos bancos mencionados acima. Em seguida, será enviado um código de verificação por SMS, e-mail ou aplicativo do banco. De acordo com o WhatsApp, para garantir a segurança dos usuários, a senha cadastrada será solicitada a cada transação, e as informações do cartão são protegidas por criptografia.

Para as contas pessoais, não há taxas na realização de transferências ou compras. Há um limite de R$ 1 mil por transação e R$ 5 mil por mês. Será possível fazer até 20 transações por dia.

Como vão funcionar as transações para empresas?

 

Já para o WhatsApp Business, é preciso vincular uma conta Cielo para receber os pagamentos, com uma taxa fixa de 3,99% por transação. Ao contrário dos usuários, as operações são ilimitadas, e é possível receber tanto no débito quanto no crédito, mas por enquanto, só está disponível para clientes das três instituições financeiras mencionadas.

O processo para habilitar o recurso é bem semelhante ao das contas comuns. A diferença é que o empresário precisa aceitar os termos de serviço do comerciante, o acordo de vendedor do Facebook e o contrato de credenciamento da Cielo. Ao concordar com o último item, o empreendedor aceita criar uma conta Cielo, se ainda não a tiver.

Com essa nova ferramenta de pagamento, sua ótica pode solicitar e receber pagamentos ilimitados no crédito ou débito, oferecer reembolsos e ter acesso a suporte 24h.

Fontes: G1, Uol, InfoMoney

 

Neste momento de isolamento social, as vendas online crescem e são o principal meio de compras dos consumidores. Por isso, é essencial investir do ambiente digital e ter acesso a ferramentas que permitam pagamentos à distância.

Sempre pensando em nossa comunidade, a CECOP preparou um guia completo com soluções para implantar vendas online na sua ótica. No nosso e-book, Manual de Sobrevivência no Varejo Ótico: Vendas Digitais, você encontra estratégias valiosas para que seu negócio se mantenha sempre ativo e possa enfrentar este cenário adverso pelo qual estamos passando. Clique aqui, preencha seus dados e faça o download gratuito.

Estamos trabalhando todos os dias para estar ao lado do setor ótico, produzindo uma série de conteúdos em diversas plataformas, para que possamos superar tudo isso juntos!

Acompanhe nosso blog, redes sociais (@cecopbrasil) e canal Youtube.

 

 

Comentários

Posts Relacionados

Inscreva-se para receber nossos conteúdos